Apaixonado pela vida, pelo teatro e a cultura que sempre defendeu, pela sua Ruth que mantém viva no coração mas também pelos seus filhos e netos, Ruy de Carvalho transmite amor no discurso e no olhar, sempre presente na entrevista que concedeu para a revista Consilcar Magazine. Em discurso directo, este actor adorado e respeitado por todos os portugueses deixa uma máxima que serve de título na entrevista impressa, e que nos pode, afinal, guiar a todos nós no nosso dia-a-dia... “Sem amor a vida não vale a pena!”

Nascido em Lisboa a 1 de Março de 1927 e após uma infância passada por Angola, Évora, e Covilhã, Ruy de Carvalho chega ao teatro em Lisboa, seguindo as pisadas de dois irmãos actores — João de Almeida e Maria Cristina —, em 1942, no Grupo da Mocidade Portuguesa. A sua longa carreira permitiu-lhe êxito nos palcos, mas principalmente o reconhecimento do público, que viu sempre em Ruy de Carvalho alguém que coloca amor no que faz em palco e na vida.

O amor pela vida, aliás, justificou um livro lançado pela editora Matéria Prima, sobre o que tem dito e feito Ruy de Carvalho ao longo da vida, e o título diz tudo: “Amor é Isto”. Com o livro na mão, estava aberta a porta para o diálogo com um conversador nato, capaz de prender quem o ouve pela forma como recorda o passado, vive o presente e sonha o amanhã.

AR2I9596

AR2I9617

AR2I9616

A preparar por esta altura a interpretação de uma peça de Shakespeare, Ruy de Carvalho, assume-se feliz com a vida: “Sinto-me feliz, sou um servidor das pessoas, não trabalho só para a fama mas antes pelo prazer de trabalhar como actor, porque não é a montra que me interessa mas antes o meu serviço, de homenagear o teatro, a música e a cultura.”

Falando de si mesmo, Ruy de Carvalho mostra-se ainda hoje apaixonado pela sua companheira, Ruth de Carvalho, falecida em 2007: “Enviuvei há dez anos. Fui casado com a minha Ruth, que era formada em História e Filosofia, e era bailarina. Casei com uma pessoa que me ajudou muito, uma grande mãe, a paixão de uma vida. Fui casado 53 anos, fui muito feliz, tive dois filhos óptimos, tenho três netos, sendo um filho e um neto actores, o que prova que a minha profissão não é assim tão indigna, pelo contrário é muito digna ainda que pouco apoiada.”

Folheando o livro “Amor é Isto” surge uma citação — “Sem amor a vida não vale a pena!” — que Ruy de Carvalho explica: “Se nós fizermos as coisas com amor, usando o amor como deve ser usado, a bem dos nossos semelhantes e a nosso bem, abrimos o caminho ao amor, à liberdade.”

AR2I9633

AR2I9619

AR2I9629

Aos 90 anos, com a sua vida mais do que escrutinada, Ruy de Carvalho diz manter um espaço só seu: “Tenho a parte do homem que nada tem a ver com o profissional, o actor. Continuo independente como ser humano, tenho as regalias de qualquer cida- dão e preservo a minha intimidade.”

O diálogo manteve-se durante um longo e delicioso pedaço daquela soalheira tarde de Fevereiro, na casa do sócio 3134-O do Automóvel Club de Portugal, ele que ainda agora, aos 91 anos, continua a conduzir os seus automóveis, seja o pequeno smart fortwo ou o familiar Volvo, fazendo-o, garante, “sempre com respeito pelos outros”.

Bem haja Ruy de Carvalho!

entrevista: Jorge Reis
fotos: Carlos Rodrigues

AR2I9615

AR2I9625

Pin It