O Tribunal do Barreiro aceitou a recomendação do Ministério Público e determinou a prisão preventiva de todos os 23 detidos na sequência da invasão à Academia de Alcochete do Sporting Clube de Portugal, ocorrida na passada terça-feira quando jogadores e equipa técnica do clube leonino foram agredidos nas instalações da Academia.

Será de esperar agora que o Ministério Público possa requerer a detenção de outros envolvidos neste episódio, isto porque participaram naquela invasão à Academia de Alcochete cerca de meia centena de indivíduos, tendo sido detidos apenas os referidos 23 arguidos sobre quem se conheceu agora as medidas de coacção determinadas pelo Tribunal.

Pin It