Recreio Escola1Naquela escola, o externato Portugal, há três recreios: o arcoG, o NãoQueroBrincar e o SouMuitaModerno(a) .

No arcoG os meninos estão divididos em três grupos organizados, que disputam entre si o direito de montar o cavalinho de pau que existe.

Por um lado os naranjinas (a que também pertence o tipo que com um cavaco aponta quem vai agora para o cavalo), que desde que lhes morreu precocemente o espírito fundador nunca mais se encontraram: a troco de tostões deram cabo da fábrica de acessórios, trocaram os pastos por bolsos com fundos, até renegaram completamente a brincadeira que antes preferiam, a de tornarem o recreio super acolhedor.

Por outro, os demodonos, com um patriarca que julga ser pai dos meninos todos e dono disto tudo (não, não é esse, o outro), grupo que foi mandado de lá sair depois de um seu filiado, que fez uma redacção sobre a tortura, ter cortado as pernas ao cavalo. Agora tem dois toninhos, o xoninhas e o blufideo, à lambada para ver quem vai liderar o ataque ao brinquedo.

Há ainda neste recreio os irrevogáveis, que se juntam quer a uns quer a outros quando os deixam, mas fazem muitas birras para parecer sempre que foram os outros que estragaram o cavalo.

O NãoQueroBrincar tem meninos que só gostam de estar sempre zangados: ou porque a mãe dum lhe deu scones só para ele, ou porque os pastéis de nata do lanche eram diferentes entre os recreios, ou ainda porque está tudo bem mas se fossem eles a estar no recreio do cavalinho estaria tudo melhor. Quando há meninos aqui que começam a ficar mais alegres, ou são expulsos ou vão de livre vontade ver se conseguem um lugar no cavalinho.

No SouMuitaModerno(a) as meninas e os meninos brincam de forma muito avançada, aos papás e papás, às mamãs e mamãs, aos médicos e enfermeiros, à dona da barriga, ao não pago venham lá prender-me, tantas brincadeiras que nem dá para enumerar. Estragam tanto os brinquedos que os seus pais têm que pagar uma mensalidade maior que os outros. Às vezes deste recreio também saem meninos a ver se conseguem entrar no arcoG, porque lá há mais rebuçados.

São assim os recreios da escola Portugal.

Mas o regabofe foi tanto que para os meninos irem às aulas a Direcção teve que chamar uma preceptora, a D. Troika. Logo os graxas naranjinas e os graxas irrevogáveis se lhe colaram, a dizer que tinha toda a razão, e que ainda iam pôr mais disciplina que aquela que a Excelência impunha.

E o recreio passou a ser pior que a sala de aula.

Dizem que a escola vai fechar, não há meninos que não fujam de lá.

DiogoACorreia

Diogo A. Correia

 

Pin It