banco alimentarO Banco Alimentar Contra a Fome mobilizou ao longo do fim-de-semana 40 mil voluntários que garantiram a recolha de 1921 toneladas de alimentos a partir de 2015 superfícies comerciais em que a campanha decorreu.

A quantidade de alimentos recolhidos acaba ainda assim por ser mais baixa em 8% comparativamente com os alimentos recolhidos em Maio do ano passado, uma quebra que Isabel Jonet, a presidente da Federação Portuguesa de Bancos Alimentares contra a Fome, justificou com o menor fluxo de clientes das lojas "por ter sido um fim de semana de ponte", devido ao feriado da passada quinta-feira.

Aquela responsável deixou ainda assim a sua convicção de que os resultados da campanha foram muito positivos, e nem o facto do volume de alimentos recolhidos estar a diminuir sucessivamente nas últimas campanhas — em Novembro foram doadas 2.270 toneladas pelo que, de então para cá, as doações foram sempre menores — leva o Banco Alimentar Contra a Fome a deixar de classificar estas acções como de sucesso.

Os alimentos vão agora ser distribuídos por 2360 instituições de solidariedade social, abrangendo mais de 436 mil pessoas. Refira-se que a campanha prolonga-se até ao próximo dia 5 de Junho através da modalidade "Ajuda Vale", adaptada a estabelecimentos de menor dimensão, e no portal de doação online em www.alimentestaideia.net.

Recorde-se que o Banco Alimentar de Lisboa celebra este ano 25 anos de existência, coincidindo com o Ano contra o Desperdício Alimentar proclamado pela Assembleia da República.

Pin It