Concluído o inquérito determinado pela Carris ao acidente com eléctrico da carreira 25E no passado dia 14 de Dezembro, quando o veículo saiu dos carris na Rua de São Domingos à Lapa acabando por tombar num acidente que provocou 11 feridos sem gravidade, entre os quais duas crianças, foi agora anunciada como causa do acidente um “erro humano”.

Em comunicado distribuído pelas redacções, a Carris diz ter feito “uma avaliação dos factos que levaram ao acidente”, tendo a Comissão de Inquérito concluído que “o acidente ocorreu por erro humano, não tendo o guarda-freio respeitado sinalização específica existente na Rua S. Domingos à Lapa, e não tendo posteriormente accionado de forma correcta os sistemas de frenagem disponíveis no eléctrico.”

Acrescenta aquele comunicado que “o acidente não pode ser justificado por anomalias no veículo, tendo-se provado que os respectivos sistemas de frenagem estavam em perfeitas condições de funcionamento”. Foi ainda constatado pela Comissão de Inquérito que “o acidente não pode ser imputável às condições da linha nem da via férrea, uma vez que todas as medições realizadas comprovam que o seu estado se encontra dentro dos limites definidos de segurança.”

Voltando a lamentar o sucedido, a Carris lembra que disponibilizou “todo o acompanhamento necessário às vítimas deste acidente”, reafirmando que “o cumprimento das regras e a segurança dos clientes é uma prioridade para a Carris”.

© LusoNotícias

Carris electricos 01

Pin It