Na sua noite de estreia em Portugal, o trio de rappers norte-americanos deu aquele que foi, o melhor espectáculo da edição de 2019 do festival Super Bock Super Rock que este ano regressou à Herdade do Cabeço da Flauta, no Meco, Sesimbra. Com uma actuação em que se evidenciaram os imensos efeitos, as chamas e a enorme animação dirigida em absoluto a um público numeroso e que se revelou conhecedor da obra dos Migos, o resultado foi soberbo e o público aplaudiu a preceito.

Vindos de Atlanta, nos Estados Unidos, os Migos, que por ali começaram a fazer música em 2009, inicialmente ainda sob o nome de Pólo Club, têm dominado o mercado ao estarem presentes nos primeiros lugares dos tops no género de música onde está incluido o tema "Trap". Banda formada por TakeOff, Offset e Quavo, os Migos tocaram muitos dos seus êxitos tais como "T-Shirt", "Walk It Talk It" e "Emoji a chain", tendo animado o público com o seu jeito interativo em contacto com os fãs.

A determinada altura, a partir de altura surge o desafio... "Se estão preparados gritem 'yes sir!'" com o público a responder de pronto e sempre na máxima energia. Em palco, o quarto “amigo” era o DJ dos Migos, DJ Durel, ele que terminou o concerto lançando algumas faixas e saindo rapidamente de cena, acabando assim aquela que foi, claramente, a última e melhor noite desta edição do Super Bock Super Rock, num dia que começou com um ponto alto em português, na chamada ao palco principal de Prof Jam, um português que em miúdo decorava as letras de Eminem e Jay-Z sem ainda perceber bem o seu significado.

SBSR migos 02

SBSR migos 03

Prof Jam abriu o melhor dia do SBSR

E se os Migos encerraram em beleza o cartaz do palco principal do Super Bock Super Rock, o português Prof Jam permitiu, também naquele mesmo palco, o outro ponto alto do derradeiro dia deste festival de verão.

Tendo começado a gravar as suas rimas em 2008, foi em Março de 2016 que ganhou em definitivo o seu espaço próprio quando criou a sua própria editora — Think Music Records — através da qual lançou “Mixtakes”, trabalho marcado pelo sucesso do single “Queq Queres”. Em 2017 editou singles como “Xamã” e “Mortalhas”. tendo ainda participado em trabalhos de terceiros como “Pensa Bem”, dos D.A.M.A.

SBSR PROFJAM01

SBSR PROFJAM02

Agora “promovido” ao palco principal da Herdade do Cabeço da Flauta, Prof Jam brilhou perante o público do Meco. Com Mike El Night convidado a subir ao palco, ele que viria a actuar mais tarde no palco Sommersby, Prof Jam justificou em absoluto a aposta feita no seu valor, agarrando o público desde os primeiros sons produzidos em palco, num espectáculo que deu até para o músico ter a companhia em palco da sua mãe, a sua “cota” Fátima como lhe chamou.

Sendo visto como a grande afirmação do hip hop português, Prof Jam permitiu gritos efusivos da parte do público, braços no ar a toda a hora e uma maré imensa de gente a cantar em coro os refrões todos, da primeira à última canção. Mário Cotrim, assim se chama de facto aquele que é conhecido no universo do hip-hop como ProfJam, pôde assim abrir o palco principal neste sábado recheando-o com temas como “À Palavra”, “Queq Queres” ou “Minha”, temas interpretados por ProfJam, de microfone na mão, com o público a dar conta de conhecer cada rima sem qualquer falha. Tudo perfeito... no dia de fecho perfeito do SBSR.

Diogo Reis e Jorge Reis

SBSR PROFJAM03

SBSR PROFJAM04

Pin It