Depois de Paulo Gonzo ter aberto a edição de 2019 dos Grandes Concertos no Casino, às quintas-feiras no palco do Lounge D do Casino Estoril, coube a Tiago Bettencourt dar continuidade ao programa deste evento, passando também ele por aquele espaço na passada quinta-feira, 27 de Junho. Conciliar os principais temas do álbum “A Procura” com outros êxitos da sua carreira, foi assim o rumo de um espectáculo que voltou a permitir nova enchente naquele espaço do Casino Estoril onde a Cultura também através da música de qualidade é já uma tradição nas quintas-feira de verão e com entrada livre.

Autor de várias composições de referência da música portuguesa, Tiago Bettencourt saltou para a ribalta no mundo da música há década e meia, na sua primeira aventura em estúdio com os “Toranja”. Com poemas simples e ricas melodias, chamou a si a atenção do público com os álbuns “Esquissos” e “Segundo”. Em 2006, os “Toranja” anunciaram uma pausa e é aí que Tiago Bettencourt avança para uma bem conseguida carreira em nome próprio.

Os álbuns “Jardim”, “Em Fuga”, “Tiago na Toca e os Poetas”, “Acústico” e “Do Principio” permitiram um caminho consolidado, que prosseguiu em 2017 com “A Procura”, o mais recente álbum da sua carreira que concilia a acústica trovadoresca, a pop e as electrónicas discretas. Vocalista, multi-instrumentista e produtor, deu corpo e voz ao segundo espectáculo neste ciclo de apresentações no Casino Estoril para um público que sabe ter por esta altura do ano e naquele espaço um programa de qualidade musical indiscutível a cada quinta-feira.

texto: Ana Cristina Augusto
fotos: Casino Estoril / Conceição Alves

Pin It