Em concerto dedicado à música brasileira, o Salão Preto e Prata do Casino Estoril recebeu na passada quinta-feira, 7 de Fevereiro, a dupla Simone e Ivan Lins, verdadeiros ícones da música popular brasileira que cruzaram as suas carreiras em diversas ocasiões e que uma vez mais puderam dar conta de uma empatia indesmentível em palco.

Quando estão passados 14 anos sobre o lançamento de “Baiana de Gema”, álbum no qual Simone interpretou 13 canções, então inéditas, especialmente escritas para si por Ivan Lins e por um fabuloso elenco de parceiros, estes dois músicos puderam reencontrar-se para um concerto delicioso, dando conta de uma constante renovação de ambos, assumidamente prontos para novos desafios.

Numa noite em que o Salão Preto e Prata praticamente esgotou a sua lotação com um público fiel a eventos culturais de boa música plena de emoções, alma e tradições, como é o caso dos temas desta dupla formada por Simone e Ivan Lins que teima em dar corpo à essência do tema “Começar de Novo”, foi possível ver entre a assistência caras habituais neste espaço para outras noites de Cultura, mas também o público anónimo que acorre às propostas do Casino Estoril aprovando a sua qualidade independentemente da diversidade de estilos e géneros de espectáculo.

A primeira experiência em conjunto de Simone, cantora brasileira de 69 anos, natural de Salvador, na Bahía, e Ivan Lins, cantor, músico e compositor de 73 anos, natural do Rio de Janeiro, aconteceu no início da década de 1970 quando, no seu álbum de estreia, Simone gravou uma canção de Ivan Lins intitulada “Chegou a Hora”.

Desde aquele "arranque” de um caminho por vezes feito a dois, nomeadamente quando Simone interpretou as músicas de Lins, e seguindo a mensagem implicita em “Começar de Novo”,  Simone e Ivan Lins têm-se reencontrado, como o fizeram desta feita no Estoril, onde transmitiram ao público a sua cumplicidade em temas como “Começar de Novo”, “Desesperar”, “Bilhete”, ”Daquilo que eu sei” ou ainda “Atrevida”, entre muitos outros clássicos de Ivan Lins gravados pela cantora nas últimas décadas.

Apesar da noite fria do Inverno português, o ambiente do Salão Preto e Prata aqueceu ao som deste concerto de música brasileira em que, dando corpo ao nome da tournée, Simone encontrou Ivan Lins, como aliás tem acontecido ao longo da carreira de ambos, quando a voz dela tantas e tantas vezes interpretou as músicas dele.

No final, aplausos para ambos com a certeza de que depois de mais esta passagem por Portugal, que os levará ainda a mais dois concertos, primeiro já este sábado no Campo Pequeno, em Lisboa, e depois, na próxima quarta-feira, dia 13, no Coliseu do Porto, o público certamente estará pronto a novos aplausos quando qualquer um deles, ou ambos, queiram regressar aos palcos portugueses.

reportagem: Ana Cristina Augusto
fotos: © Casino Estoril

 

Pin It