Um ambiente pleno de glamour e quase sempre pleno de classe, com a cor das propostas de Agatha Ruíz de la Prada que passaram em desfile e a música intemporal de Chris de Burg marcaram a Noite de Gala no sempre ímpar espaço do Salão Preto e Prata do Casino Estoril, a qual permitiu o assinalar dos 60 anos do Grupo Estoril Sol, entidade que tem a seu cargo a gestão dos Casinos do Estoril, de Lisboa e ainda da Póvoa do Varzim, e que tem marcado o seu percurso por uma boa gestão daqueles espaços mas também pela contínua preocupação em acompanhar e estar ao lado da sociedade em que se insere nas necessidades culturais desta.

Fundada em 1958, a Estoril Sol pôde assim celebrar o seu 60º aniversário com um programa de uma noite de festa que começou por ser marcada por um jantar dançante com a Orquestra Jorge Costa Pinto, e que prosseguiu  durante a madrugada com a actuação do dj Rodrigo d’Orey a permitir para todos os convidados a possibilidade de pé de dança naquela mesma sala que, nos últimos anos, tantos e tão distintos nomes do mundo do espectáculo tem recebido. Isso mesmo, aliás, foi recordado na passagem de uma galeria de imagens ao início da noite lembrando alguns artistas que permitiram grandes espectáculos no Salão Preto e Prata como, só a título de exemplo Tony Bennet, Roberto Carlos, Caetano Veloso, Fáfá de Belém, Mariza ou Chico Buarque, entre tantos e tantos outros.

Entre os convidados, políticos, artistas, actores e inúmeras figuras públicas, todos fizeram questão de comparecer nesta festa de aniversário de uma entidade que tem mantido um posicionamento ímpar na área do turismo e no sector do jogo, como destacou Ricardo Carriço, actor sobejamente conhecido que assumiu a condução da festa através da apresentação da mesma.

A Estoril Sol sempre se distinguiu nestas seis décadas pelo inestimável contributo de apoio às artes, à cultura e ao espectáculo, mas também às letras e à solidariedade social, entre outras relevantes iniciativas que consolidaram, ao longo dos anos, uma relação profunda com a sociedade portuguesa.

Fiel à sua matriz, a Estoril Sol concebeu assim para esta noite um programa comemorativo de índole cultural que visou deixar uma marca incontornável no programa do Casino Estoril.

O desfile de propostas assinadas por Agatha Ruíz de la Prada foi um momento de cor e algum exotismo muito aplaudido pelos presentes, com a estilista a receber ela própria um dos primeiros grandes aplausos da noite. Depois, com a Orquestra Jorge Costa Pinto a permitir a música que nos levou pela noite dentro, foi tempo para o jantar numa noite que iria ainda ser longa.

Terminado o jantar, a noite prosseguiu com a presença no palco do Salão Preto e Prata de Chris de Burg, nome que dispensará grandes apresentações tão grande e aplaudido é o seu reportório.

Temas como “Missing you”, “Love is my decision”, “Here is your paradise” ou a eterna “Lady in red” foram trazidos ao Salão Preto e Prata por Chris de Burg num registo pleno de tranquilidade, mesmo no momento em que o músico irlandês nascido no Brasil, actualmente com 70 anos, passeou por entre os presentes no espaço do Salão Preto e Prata, num desfile em que, como confessou mais tarde, teve oportunidade de confirmar a beleza de muitas mulheres ali presentes.

Concluída a passagem por uma carreira repleta de êxitos como é a de Chris de Burg, Ricardo Carriço pôde então chamar ao meio da sala de novo Agatha Ruíz de la Prada que, com Chris de Burg, mas também com a presença do grupo de bailarinos do Casino Estoril, puderam dar o tom para que se cantassem os parabéns aos 60 anos do Estoril Sol, deixando afinal os votos para que a defesa da cultura pelo investimento na música, nas artes e nas letras, possa prosseguir no mínimo por igual período de tempo.

Feitos os brindes pelos presentes e degustado o bolo de aniversário, a noite prosseguiu a permitir um pézinho de dança, e sempre com a animação que afinal marca invariavelmente o espaço do Salão Preto e Prata.

Parabéns ao Grupo Estoril Sol

texto: Jorge Reis
fotos: Estoril Sol

Pin It