×

Mensagem

Failed loading XML...

Após 12 anos em que se manteve longe do público português, Chico Buarque regressou finalmente aos palcos lusos para cantar... e encantar! A promessa, pelo menos, era essa, afinal cumprida por este enorme nome da música popular brasileira que, de facto, cantou e encantou!

Neste regresso a Portugal, o malandro Chico Buarque teve à sua espera seis concertos agendados e esgotados em Lisboa e Porto, onde as ovações do público não se mostraram tímidas. Por certo consciente da adesão aos seus concertos, Chico Buarque, que recebeu Lisboa de violão na mão, acompanhado pela sua banda com o maestro e compositor Luiz Cláudio Ramos, mostrou-se 'grande' perante o público que, mesmo sem ver o artista ao pormenor, reconheceu facilmente uma voz que não deixa qualquer dúvida sobre a circuntância de estarmos perante o Grande Chico Buarque.

No alinhamento passaram temas como “Mambembe” e “Partido Alto”, “Iolanda” “Casualmente” e “Caravanas”, temas da Ópera do Malandro entre muitos outros temas que cantou durante duas horas.

Pelo meio, Chico Buarque pôde ainda partilhar com o público a sua composição feita com o seu neto, Chico Brown, que compôs com Chico “Massarandupió”, também do álbum de Caravanas: “era a praia onde os meus netos passavam o Verão e onde foi enterrado o cordão umbilical do meu neto chiquinho”.

ChicoBuarque 002

ChicoBuarque 003

De panamá na cabeça, o músico ainda eve a oportunidade de prestar uma homenagem a Wilson das Neves, a quem o concerto foi dedicado, o percussionista, velho companheiro de Chico, que morreu em 2017. Sempre muito aclamado pelo público a noite teve direito a dois encores exigidos por um público sedento das voz de um grande artista.

Serºa ainda importante referir que "Caravanas" é o 23º álbum de estúdio do cantor e escritor carioca de 73 anos. O disco, produzido por Vinícius França, conta com arranjos do maestro Luiz Cláudio Ramos, com quem o artista trabalha há mais de 30 anos. Chico Buarque é, inquestionavelmente, um dos mais extraordinários cantores e compositores da história da música popular brasileira. A sua história confunde-se com a história do Brasil e as letras das suas canções refletem a realidade do país, abordando temas como o amor, a política, o futebol e o samba.

Os membros que compõem a banda que o acompanha são já velhos companheiros de palco: o maestro e violonista Luiz Cláudio Ramos, João Rebouças (piano), Bia Paes Leme (teclados e vocais), Chico Batera (percussão), Jorge Helder (contrabaixo), Marcelo Bernardes (flauta e sopros) e Jurim Moreira (bateria).

Esperamos agora um breve regresso com canções que nos acompanharam ao longo de tantos anos.

texto: Ana Cristina Augusto
fotos: EIN/Lara Jacinto

ChicoBuarque 006

ChicoBuarque 004

ChicoBuarque 007

Pin It