Mais de uma centenas de feridos, muitos deles entre os elementos das forças policiais, e quase três centenas de detidos, são apenas alguns dos números resultantes das acções de protesto que os “coletes amarelos” levaram a cabo ao longo de todo o dia de sábado no coração de Paris, erguendo barricadas, incendiando automóveis, partindo montras de estabelecimentos comerciais e pilhando tudo o que podiam com um nível de violência impressionante registado em imagens que rapidamente ultrapassaram as fronteiras de França e correram mundo, algumas das quais que lhe deixamos aqui em galeria.

Emmanuel Macron, o presidente francês que este sábado esteve na Argentina para participar na Cimeira do G20, marcou uma reunião do seu Governo para perceber como foi possível tamanho protesto deste grupo dos “coletes amarelos”, um movimento criado há 2 semanas para contestar a subida dos impostos sobre os combustíveis e que rapidamente deu lugar a situações de grande violência no coração de Paris, havendo relatos que dão conta de alegadas manipulações por parte de grupos de extrema direita, mas também de extrema esquerda, ambos apostados em provocar a demissão de Macron que aliás os manifestantes foram reclamando ao longo de todo este sábado.

Alguns actos de vandalismo foram crescendo em intensidade provocando mesmo vários focos de incêndio que nem sempre puderam ser combatidos devidamente pelos bombeiros já que os próprios manifestantes impediam o acesso aos locais mais complicados em termos de tensão. Macron já garantiu que os responsáveis pelos actos de violência serão punidos mas a verdade é que a situação continua muito complicada, há diversas estações de metro que continuam encerradas, o Arco do Triunfo foi grafitado pelos manifestantes e um pouco por todo o coração da cidade de Paris continuam bem visíveis os resultados de toda a agitação, nomeadamente através das muitas carcaças de automóveis queimados, esplanadas totalmente destruídas e muitos estabelecimentos comerciais vandalizados e pilhados, os quais apenas ao início da noite conseguiram ter seguranças a vigília permanente para impedir a continuação das pilhagens.

fotos: reprodução ©Twitter

InstagramLN Botao

Pin It