Branislav02Está patente ao público desde o passado dia 18 de Fevereiro, e até 20 de Março, na Galeria de Arte do Casino Estoril, a expsição de pintura “Caminhos”, de Branislav Mihajlovic , a merecer a atenção daqueles que gostam de arte, aqui com a mensagem permitida pelas obras deste sérvio natural de Belgrado, onde nasceu em 1961, e onde desde muito jovem se dedicou à pintura. Começando por se congratular com o nome escolhido para esta exposição de pintura, Nuno Lima de Carvalho, director daquela Galeria, explica a aposta e o nome: "Trata-se de uma exposição de Pintura que não é só Pintura. Que é também, um pouco, técnica mista. Caminhos para quem teve o atrevimento de ganhar um prémio aos oito anos. Abrem-se-lhe muitas estradas e atalhos."

"É, com certeza, para um viajante cujo caminho mais certo foi o que o trouxe de Belgrado, na Sérvia, até Lisboa, fazendo duas paragens, uma em Amesterdão, Holanda, durante dois anos, e mais outra em Creta, Grécia, a pátria dos grandes filósofos e dos imortais escultores. Mas o lugar certo para ele era Lisboa, onde se radicou em 1992, cidade em que desde então, vive e trabalha, emparceirando com os mais qualificados artistas portugueses, que o acolheram, com amizade, simpatia e respeito pela qualidade das suas obras”, sublinha.

“Quem viaja, leva sempre consigo alguma bagagem, que no caso de Branislav, foi um mestrado em Pintura na Escola Superior de Belas-Artes de Belgrado e a experiência de uma prática artística de uma enorme e singular valia, nas áreas da Pintura de rara beleza, excepcional originalidade e técnica apurada. Amesterdão proporcionou-lhe, quando à noite percorria os velhos bairros, fazia a recolha de muitos materiais que se prestavam maravilhosamente para algumas das suas obras de pintura: um velho relógio, um gira discos, um despertador, uma velha janela”.

Branislav01Branislav03

“Branislav é acima de tudo pintor, um grande pintor que que hoje dispõe de técnicas que lhe permitem produzir trabalhos de grande qualidade na área da pintura como o “Caminho de Ferro IV”, um dos seus trabalhos desta exposição. Também, “Caminhando sobre a água”, que denota, de forma exemplar, o domínio quer sobre a técnica mista quer sobre a pintura. Igualmente, “Floresta”, um trabalho excelente, em que a pintura domina.Os portugueses devem agradecer à Sérvia, a cedência de um grande, grande pintor que dá pelo nome de Branislav Mihajlovic”, conclui Nuno Lima de Carvalho.

A exposição “Caminhos” foi inaugurada na Galeria de Arte do Casino Estoril no passado dia 18 de Fevereiro, e manter-se-á patente ao público, todos os dias, das 15 às 24 horas, até dia 20 de Março com entrada livre a maiores de 18 anos, uma restrição que resulta dos imperativos legais que determinam que o acesso aos espaços do Casino Estoril seja reservado indivíduos com mais de 18 anos.

Pin It