AdolfoMesquitaNunesA promoção turística vai ter disponíveis mais de 20 milhões de euros distribuídos por dois anos, mediante acordo assinado entre o Turismo de Portugal e a Confederação do Turismo Português , um acto formal realizado esta quinta-feira na BTL. A verba advém de fundos comunitários, integrados no Plano de Acção Promoção 2020.

O Secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, explicou que “esta é a forma de termos, a nível nacional, uma parceria estratégica e vinculativa entre o sector privado e o sector público, que não se confunde nem substitui as parcerias regionais com as ARPTs”. O Turismo de Portugal e a Confederação do Turismo Português terão a seu cargo a gestão e monitorização das verbas comunitárias.

Pires de Lima, ministro da Economia, clarificou as verbas recebidas no novo quadro comunitário juntar-se-ão aos recursos previstos na contratualização externa já assinada com as ARPT's. Segundo o ministro, esta situação é “algo que a Confederação do Turismo Português sempre defendeu”.“Vamos fazer mais com mais, ou seja, mais e melhor promoção e mais responsabilizante com mais recursos. Mais 10 milhões de euros por ano nos próximos dois anos. Mais recursos investidos com maior articulação com o sector privado e serão mais recursos investidos numa colaboração entre o Estado e o sector privado que queremos que evolua, que cresça e que se consolide”, concluiu.

Pin It