As federações de futebol de Portugal e Espanha, cujas selecções principais jogam esta quarta-feira em jogo particular no Estádio de Alvalade,  assinaram um protocolo a partir do qual irão concorrer à organização conjunta do Campeonato do Mundo de 2030. O protocolo foi assinado por Fernando Gomes, presidente da FPF, e Luis Rubiales, presidente da RFEF, que assim deram o “pontapé de saída” para a candidatura conjunta ao Mundial dentro de uma dezena de anos.

Em comunicado divulgado ao início da noite, já depois do início do jogo entre as duas selecções, os seviços da FPF tornaram público o entendimento — “A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) celebrou, esta quarta-feira, no Estádio José Alvalade, a assinatura de um protocolo de colaboração com a Federação Espanhola de Futebol (RFEF), numa cerimónia que contou com a presença de Fernando Gomes, Presidente da FPF, e Luis Rubiales, responsável máximo da RFEF” — alcançado no Estádio de Alvalade num encontro entre os dois presidentes que “veio reforçar a união de forças para impulsionar a candidatura conjunta à organização do Mundial’2030.”

Ainda de acordo com este comunicado, o protocolo agora assinado permitirá “estabelecer estratégias comuns e plataformas de cooperação a nível técnico e de organização de eventos desportivos” entre as duas entidades, as quais “prometem unir esforços também em diversas áreas, tais como responsabilidade social e na troca de experiências e conhecimentos”.

LusoGolo

Pin It