Foram precisos 120 minutos de jogo jogado (mais os descontos permitidos pelo árbitro) mais uma verdadeira maratona de 22 grandes penalidades para se decidir o vencedor do corrente ano da Liga Europa da UEFA, competição ganha pelos espanhóis do Villarreal frente aos britânicos do Manchester United.

Em jogo, nos 90 minutos regulamentares, as duas equipas terminaram empatadas (1-1) num jogo em que o “submarino amarelo” marcou primeiro, por Gerard Moreno, aos 29 minutos da etapa inicial, tendo o United chegado ao empate já depois do intervalo, com um golo de Cavani aos 55'. No prolongamento do jogo disputado em Gdansk, na Polónia, nenhuma das equipas conseguiu ser superior, mesmo com o Villarreal a mostrar porventura alguma melhor frescura física num jogo disputado à cheva e em que os dois conjuntos precisaram de colocar sobre a relva todo o seu empenho.

Foi assim necessário avançar para o desempate par pontapés da marca da grande penalidade para ver qual das equipas seria mais eficaz na marcação, e qual dos guarda-redes seria melhor a defender os remates contrários. E a verdade é que, depois de duas dezenas de grandes penalidades batidas, foi necessário colocar os guarda-redes a tentarem, também eles, bater os golos da marca do castigo máximo.

LigaEuropa Villarreal 03

Rullic, para o Villarreal, bateu para o golo do conjunto espanhol, e logo a seguir, o mesmo Rullic, agora entre os postes, travou o remate de De Gea, o guarda-redes espanhol do Manchester United.

O Villarreal ganhava assim a Liga Europa batendo o Manchester United do português Bruno Fernandes e conquistando no desempate das grandes penalidades o segundo troféu mais importante das competições de clubes da UEFA, isto num ano em que a competição maior, a Liga dos Campeões, será atribuída após o jogo da final a disputar no Estádio do Dragão, no Porto, entre Manchester City e Chelsea.

Curiosamente, a última vez que a Liga Europa tinha sido decidida através da marcação de penáltis foi há catorze anos, numa final entre o Benfica e o Sevilha, com este clube a sair vencedor então orientado por Unai Émery, o treinador que hoje conseguiu vencer de novo, agora à frente da formação espanhola do Villareal, e que passa a ter quatro conquistas deste troféu.

LigaEuropa Villarreal 02

JR/LusoGolo
Pin It