Com dois golos no segundo tempo, apontados por Raphinha e Jovane Cabral, o Sporting garantiu esta quinta-feira um motivador triunfo no primeiro jogo da fase de grupos da Liga Europa frente à turma do Garabag, do Azerbeijão, em jogo disputado no Estádio de Alvalade. Num jogo em que regressou Nani depois de ultrapassada uma pequena lesão, o sporting manteve um ritmo lento nos primeiros 45 minutos, e só na segunda metade acabou por justifica a vantagem, isto apesar de ter controlado sempre a partida e justificado em absoluto o triunfo nesta partida das competições da UEFA.

Para este jogo, o técnico leonino José Peseiro chamou Salin para a baliza, com Ristovski, Coates, Mathieu e Acuñ como quarteto defensivo, surgindo depois na linha média Raphinha, Battaglia, Gudelj e Nani, sobrando para acções mais ofensivas Bruno Fernandes nas costas de Fredy Montero.

Ao longo do segundo tempo, já depois de Raphinha ter marcado o primeiro golo, que aconteceu aos 54 minutos, uma contrariedade derivada de uma lesão de Mathieu obrigou Peseiro a chamar André Pinto, ao minuto 75. Depois, para os minutos finais, houve que outro ímpeto à equipa, até para se precaver de qualquer surpresa que o Qarabag pudesse fazer, motivo pelo qual Peseiro resolveu apostar em Jovane Cabral por troca com Nani ao minuto 85.

Acabadinho de entrar, com apenas um minuto em jogo, o jovem Jovane Cabral acabou mesmo por marcar, assinando o segundo golo dos "leões", ns resposta a uma assistência de Raphinha, o homem que havia marcado o primeiro golo. José Peseiro ainda teve tempo para colocar em jogo Diaby por troca com Montero ao minuto 90, mas o jogo viria a terminar pouco depois sem mais momentos dignos de registo, com o Sporting a entrar da melhor forma na prestente temporada da Liga Europa.

texto: Jorge Reis
fotos: Luís Moreira Duarte

Pin It