Barcelona-ataqueBarcelona e Sevilha estão perto de disputar uma final histórica entre si, após terem goleado o Valência e o Celta na primeira mão das meias-finais da Taça do Rei.

Em Camp Nou, os catalães destruíram por completo o Valência, com João Cancelo e André Gomes a titulares e Rúben Vezo a entrar na segunda parte, com um impensável 7-0 no resultado. O MSN esteve mais uma vez endiabrado, com Neymar a brilhar, mas sem conseguir faturar, e Luis Suárez, com um póquer, e Messi, com um hat-trick, a "desfazerem" o conjunto orientado por Gary Neville.

A noite de pesadelo para a equipa ché começou logo aos sete minutos com o início do show do uruguaio Suárez. Perda de bola do médio português André Gomes para Neymar, com o brasileiro a arrancar em velocidade e a servir Suárez, com este a rematar cruzado e a inaugurar o marcador. Apenas cinco minutos depois, o mesmo Suárez bisou na partida, agora num remate de primeira após cruzamento rasteiro de Aleix Vidal. Antes da meia hora de jogo, o Barcelona chegou ao terceiro golo numa jogada que foi um hino ao futebol. Iniesta iniciou a jogada, colocou a bola em Neymar com o brasileiro de primeira e de calcanhar a passar para dentro de área, com Suárez a deixar a bola passar para Messi com uma bela simulação e o argentino a aparecer e sem dificuldades a bater o desamparado Mathew Ryan. Se as coisas já estavam complicadas para os visitantes mais ficaram em cima do intervalo com a expulsão do defesa alemão Mustafi, por ter cometido uma grande penalidade sobre Lionel Messi, quando o argentino estava isolado. Todavia, Neymar na conversão do penalti desperdiçou, atirando a bola ao poste.

Na segunda parte, os catalães nao tiraram o pé do acelerador, e Messi aos 59 minutos dilatou para quatro zero após boa combinação com Suárez. O astro argentino não estava satisfeito e aos 74 minutos completou o seu hat-trick, num lance em que roubou a bola a Parejo e rematou de pronto, com o guarda-redes Mathew Ryan a ser mal batido. O avançado uruguaio Luis Suárez não quis ficar atrás e também ele chegou ao hat-trick aos 82 minutos com um cabeceamento certeiro ao segundo poste, após cruzamento do lateral brasileiro Adriano. Mas a noite de pesadelo dos pupilos de Gary Neville ainda não tinha terminado e o mesmo Suárez chegou ao póquer aos 87 minutos após assistência de Arda Turan. Tudo fácil para os catalães, numa noite perfeita em que arrumaram com a eliminatória, sendo agora o jogo no Mestalla da segunda mão apenas para cumprir calendário.

Na outra meia-final o Sevilha também já garantiu praticamente a presença na final da competição, após golear o Celta de Vigo por 4-0. Os galegos, que eliminaram na eliminatória anterior o Atlético Madrid, foram goleados na deslocação ao Ramón Sánchez Pizjuan, com um bis de Kevin Gameiro, um golo do defesa Rami e outro do médio dinamarquês Krohn-Deli. 

Caso Barcelona e Sevilha confirmem o apuramento para a final da Taça do Rei, será uma final histórica, já que as duas equipas nuncam se defrontaram nessa fase da competição. 

texto: André Pacheco
Pin It