A ASUS, fornecedora líder de sistemas para servidores, para motherboards e workstation, anunciou esta terça-feira um total de 246 recordes mundiais que foram estabelecidos pelos seus servidores rack, incluindo os servidores GPGPU (general-purpose computing on graphics processing units) e os servidores multi-node. Certificados pela Standard Performance Evaluation Corporation (SPEC) para os indicadores de medição de desempenho de computação intensiva, os servidores ASUS dual-processor (2P) ESC8000 G4 e RS720Q-E9 atingiram a pontuação mais elevada, e o servidor ASUS single-processor (1P) RS300-E10 estabeleceu 70 novos recordes de melhor performance.

Refira-se que cada um dos novos servidores ASUS foi projetado para ser altamente escalável e para trabalhar perfeitamente na visualização de infraestruturas, análise de dados, cargas de trabalho de formação IA (Inteligência Artificial) ou quaisquer outras aplicações gerais de computação. Assim, encontramos no servidor ASUS GPGPU ESC8000 G4 um servidor capaz de alcançar a melhor performance do mundo, apresentando-se como um servidor 4U GPGPU da série 2P com suporte para até oito placas gráficas double-deck para trabalhos de IA, computação de Alta Performance (HPC), criação de conteúdo, produção, Gaming design, RV (Realidade Virtual) e RA (Realidade Aumentada), para além de aplicações de visualização profissionais.

ASUS Servidor01

ASUS Servidor02

ASUS Servidor03

O design patenteado deste servidor, de topologia adaptável, permite alternar automaticamente para tipologias single ou dual-root através do ASMB9-iKVM, tornando-o ideal para aprendizagem de IA ou Computação de Alta Performance (HPC). O ESC8000 G4 detém 64 recordes mundiais em aplicações de computação intensiva, segundo o SPEC CPU 2017 benchmark packages, SPECint 2017 rate e SPECfp 2017.

Já em relação ao RS720Q-E9, um servidor 2U4N de alta densidade 2P, estabeleceu um recorde de 97 para aplicações de computação intensiva segundo o SPEC CPU 2017 benchmarks packages, SPECint 2017 rate e SPECfp 2017. Foi concebido para ambientes de processamento intensivo como um data centers ou aplicações de cloud privada, suportando dois a oito processadores (28 núcleos por processador) e 48 DIMMs até 6 TB de memória. Todos os servidores ASUS que alcançam recordes são baseados nos processadores de 1ª e 2ª geração Intel Xeon.

Os servidores ASUS atingem 246 recordes

A ASUS conta com mais de 23 anos de experiência no sector dos servidores e com uma equipa dedicada de engenheiros especializados em server hardware design, integração de software/hardware, ajuste de performance e otimização para uma vasta gama de aplicações. O desempenho desses novos servidores destaca o compromisso da ASUS em prosseguir uma contínua otimização do sistema para fornecer soluções de alta qualidade.

O RS300-E10, um servidor 1U 1P com quatro portas Ethernet LAN, expansão de armazenamento e tecnologia Boost Performance exclusiva da ASUS, atingiu 70 recordes mundiais segundo o SPEC CPU 2017 benchmark packages, SPECint 2017 e SPECfp 2017. Com um processador Intel Xeon E no interior oferece um desempenho até 1.36 vezes superior, em comparação com a versão anterior. A combinação de dois núcleos adicionais e uma frequência turbo de núcleo único mais elevada aumenta o desempenho nos indicadores da workstation quando comparada com os processadores das workstations anteriores.

Este processador possui ainda chassis de curta profundidade e é uma solução perfeita na economia de espaço de armazenamento para pequenas e médias empresas. Baseado nos processadores da família dos Intel Xeon E, oferece um robusto poder de computação para servidores de ficheiros, servidores de atendimento ao cliente, gateways e outras aplicações específicas.

ASUS Servidor04

ASUS Servidor06

 

ASUS Servidor07

Performance Boost com tecnologias de otimização

Os servidores ASUS apresentam a exclusiva tecnologia Performance Boost para obter o melhor desempenho e agilidade ajustando os servidores para atender aos requisitos da carga de trabalho momentâneo. Esta tecnologia melhora a produtividade da carga de trabalho maximizando a frequência do processador e aumentando a potência, tornando-o ideal para aplicações críticas em temos de tempo, como serviços financeiros ou operações de data center. No BIOS, os clientes podem escolher entre perfis de servidores pré-configurados, otimizados para cargas de trabalho específicas, ampliando o desempenho geral e reduzindo o tempo de configuração do servidor.

Restará referir que a ASUS é uma multinacional conhecida pelas suas motherboards, PCs, monitores, placas gráficas e routers, entre outros produtos, pretendendo tornar-se a empresa de tecnologia mais inovadora e admirada do mundo.

Com uma força de trabalho global que inclui mais de 5.000 profissionais de Investigação & Desenvolvimento, a ASUS é uma das principais tecnológicas a nível mundial ao disponibilizar produtos com design e inovações construídos para tornar a vida mais inteligente, omnipresente, fácil e alegre para todos. Sob o espírito “In Search of Incredible”,  a ASUS tem conquistado inúmeros prémios todos os anos, tendo sido incluída no Top 2000 da Forbes Global, no Top 100 dos Líderes Globais de Tecnologia da Thomson Reuters e no ranking das Empresas Mais Admiradas do Mundo da Fortune.

© LusoNotícias

Pin It