maritimo-spbragaO Marítimo recebeu e venceu o Sporting de Braga este domingo no jogo que permitiu o fecho da 10ª jornada da Liga NOS, fruto de um golo apontado por Edgar Costa aos 19 minutos . Frente a um conjunto visitante moralizado pela boa classificação na Liga NOS, mas também pela vitória conseguida na passada quinta-feira para a Liga Europa, o Marítimo não tinha tarefa fácil, mas terá sido exactamente o desgaste dos bracarenses por via do jogo para as competições europeias a meio da semana que contribuiu para uma resposta menos eficaz por parte da turma às ordens de José Peseiro.

A jogar em casa, o Marítimo quis chamar a si o controlo do jogo e conseguiu-o logo desde o início. Fransérgio, aos 12 minutos, remata para o golo e quase o consegue, ganhando ainda assim um pontapé de canto. Na sequência deste, foi Edgar Costa que, de pé direito, atira ao lado quando Marafona estava já batido.

O aviso estava ainda assim dado para os homens do Sporting de Braga que, à passagem do minuto 19, viram mesmo os homens da turma insular adiantar-se no marcador. O lateral-direito maritimista Patrick fez o cruzamento a partir do seu corredor e Edgar Costa só teve que desviar a trajectória da bola que só parou no fundo da baliza bracarense.

O Marítimo passava a jogar na frente no marcador, perante um Sporting de Braga que acusou claramente o golo sofrido. Pouco depois da meia-hora de jogo, Marafona dava sinal de algum nervosismo e quase consentia novo golo, com Djoussé a não conseguiu aproveitar a oferta, acabando mesmo o jogo por seguir até ao intervalo sem mais lances dignos de registo. A única nota resultava do jogo apático da turma visitante que durante todos os 45 minutos do primeiro tempo efectuou apenas um remate digno desse nome à baliza maritimista.

José Peseiro tinha que mudar algo na sua equipa e conseguiu fazê-lo com a aposta em Wilson Eduardo, que veio dar mais querer e capacidade de finalização. Porém, querer nem sempre é poder e, em face de algum desacerto na finalização, a verdade é que a turma bracarense acabou por não conseguir equilibrar os acontecimentos. No último minuto da partida, Xeka falhou um golo em que só tinha de encostar, após uma falha de Gottardi na sequência de um cruzamento de Goiano, permitindo aos homens do Marítimo respirarem de alívio, somarem três pontos e darem um significativo salto na tabela do campeonato onde estão agora na nona posição com 13 pontos.

Ao invés do Marítimo, que subiu na tabela da Liga NOS, o Sporting de Braga, que tinha tudo para subir à segunda posição isolado no campeonato, é agora quinto classificado com os mesmo 20 pontos que tem o quarto, o seu eterno rival Vitória de Guimarães, sendo que a turma vimaranense leva vantagem pelo melhor "goal-average".

texto: José Andrade
foto: reprodução ©Twitter 

Pin It