, onde vinha a realizar um trabalho por todos apontado como de enorme qualidade. Depois de ter dispensado José Peseiro, logo após a eliminação dos bracarenses da Taça de Portugal aos pés do Sporting da Covilhã, que venceu em Braga por 2-1, o presidente do clube da cidade dos arcebispos, António Salvador, terá avançado de imediato para a contratação do treinador dos flavienses, tendo chegado a acordo com a direcção do clube transmontano para a libertação de Jorge Simão.

Ao que se sabe, Sporting de Braga e Desportivo de Chaves terão chegado a um acordo que prevê que Jorge Simão possa orientar a equipa flaviense na próxima segunda-feira, na deslocação ao Estádio do Dragão, em jogo da 14ª jornada da Liga NOS. De igual modo, Abel Ferreira, técnico-ajunto dos bracarenses, irá orientar de modo interino a equipa do Sporting de Braga na sua deslocação ao Estádio de Alvalade onde irá defrontar o Sporting no domingo, um jogo igualmente da 14ª ronda do campeonato principal do futebol português.

Aos 40 anos, Jorge Simão prepara-se assim para assumir o mais sério compromisso da sua carreira iniciada no Atlético e continuada depois no Mafra, de onde saiu para assumir o comando do Belenenses, clube onde já tinha estado antes como técnico-adjunto. No Restelo, Jorge Simão apurou os "azuis" para a Liga Europa mas nem por isso ficou no comando técnico da equipa de Belém para a época seguinte já que os responsáveis daquele clube havia deixado bem claro desde o início que a tarefa de Simão terminava com o final da época.

Jorge Simão avançou assim para o Paços de Ferreira onde conseguiu um excelente sétimo lugar, prestação que motivou a cobiça do Desportivo de Chaves que avançou para a sua contratação para a presente época, logo que se confirmou a subida do clube transmontano à I Liga. Curiosamente, é também numa altura em que os flavienses ocupam o sétimo posto que Jorge Simão dá novo salto, agora para uma equipa que está na quarta posição e apenas a um ponto do terceiro, o Sporting.

 

Pin It