O Benfica foi punido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude com um jogo que deverá ser realizado à porta fechada, castigo que se fica a dever ao alegado apoio do clube da Luz a claques não legalizadas.

Os “encarnados” já foram notificados deste castigo que, para além do referido jogo à porta fechada, terão ainda que pagar uma multa superior a 55 mil euros, havendo ainda assim um período de 20 dias durante o qual o Benfica poderá recorrer da decisão.

Curiosamente, o Benfica veio já declarar publicamente a sua intenção que impugnar a decisão do IPDJ devendo por isso apresentar recurso do castigo “dentro do prazo legal dos 20 vinte dias.”

Refira-se que ainda no último jogo do Benfica no Estádio da Luz, realizado contra o Sporting, os próprios responsáveis benfiquistas pediram aos seus adeptos para não usarem engenhos pirotécnicos no apoio à equipa, acabando no entanto esses engenhos por deflagrar nas bancadas do Estádio da Luz e logo na zona ocupada pelos “No Name Boys”, tendo mesmo uma senhora ficado estendida durante algum tempo no relvado junto à bancada e o próprio guarda-redes do Sporting, Salin, manifestado queixas de problemas auditivos depois de ter sido lançado um petardo para junto da sua baliza, situações que terão contribuído para este castigo agora determinado pelo IPDJ.

Pin It