Na sequência das informações veiculadas pela Imprensa ao longo desta segunda-feira que dava conta de uma alegada suspensão de Jorge Jesus determinada pelo presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, este afirmou entretanto, à saída do Estádio de Alvalade, que "ninguém foi suspenso”, contrariando as notícias que deram conta de um processo disciplinar a instaurar ao treinador da equipa principal de futebol. 

“Qual processo disciplinar? Eu percebo que vocês (jornalistas) têm de trabalhar, mas nós, administração e Conselho Diretivo, também temos de trabalhar. O que aconteceu foi o Sporting ter sido derrotado num jogo que muito prejudicou o Sporting, que perdeu muitos milhões de euros que estavam contabilizados na planificação da próxima época, o que vai originar mudanças”, disse Bruno de Carvalho hoje à saída do estádio de Alvalade, após alegadas reuniões com a equipa técnica, os jogadores e o departamento médico.

Estas afirmações de Bruno de Carvalho vou ao encontro da notícia adiantada já aqui pelo LusoGolo segundo a qual é pretensão do líder de Alvalade a redução dos montantes salariais da equipa técnica liderada por Jorge Jesus depois de falhados importantes objectivos desportivos na época que agora termina para o futebol profissional. 

Pin It