FCPorto-Moreirense-03Conhecedores dos empates do Benfica na Luz frente ao Boavista (3-3), e do Sporting em Chaves (2-2), o FC Porto cumpriu o natural favoritismo na recepção ao Moreirense a quem venceu por 3-0, com golos de Oliver Torres, aos 30 minutos, André Silva ao minuto 42, à beira do intervalo, e já no segundo tempo por Marcano, ao minuto 62. A expulsão de Chico Geraldes à beira do intervalo por acumulação de cartões amarelos acabou por facilitar ainda mais a missão dos "dragões" que puderam oferecer aos seus adeptos o triunfo que estes exigiam.

Num jogo tranquilo para a equipa às ordens de Nuno Espírito Santo, que pôde contar com o médio Danilo depois deste ter cumprido castigo, acabou por ser a presença do jovem avançado Kelvin no banco de suplentes, e a consequente entrada na partida na segunda parte do jogo, os dados que motivaram o grande interesse dos adeptos.

Ao minuto 68, já depois do conjunto portista ter construído o resultado, e jogador que regressou ao FC Porto vindo do São Paulo, foi recebido com um enorme aplauso embora depois, em campo, tenho acabado por ter uma presença discreta, ele que terá que passar por uma fase de readaptação à equipa que volta a representar.

Até ao final seria André André a ter uma excelente oportunidade de visar a baliza à guarda de Makaridze, ele que fez uma excelente actuação no Estádio do Dragão, cotando-se como um dos melhores elementos em campo na equipa de Moreira de Cónegos.

Numa combinação com André Silva e Herrera, André André recebeu a bola em boa posição para visar a bolliza mas a bola saiu por cima da trave perdendo-se uma das poucas oportunidades de golo no segundo tempo. Ainda assim, o FC Porto acabou mesmo por vencer o Moreirense, por 3-0, garantindo os três pontos desta partida e somando agora 38 pontos no segundo lugar da Liga NOS, menos quatro do que o líder Benfica que segue na frente do campeonato com 42 pontos.

texto: José Andrade
fotos: ©FC Porto 

FCPorto-Moreirense-08FCPorto-Moreirense-06FCPorto-Moreirense-02FCPorto-Moreirense-01

Pin It