, perante Benfica, Sp. Braga e o surpreendente Estoril-Praia. Num fim-de-semana marcado ainda por duas demissões.

O prato forte da jornada disputou-se no Dragão entre FC Porto e SL Benfica, com claro destaque para a vitória dos portistas que os deixa na primeira posição. Depois de um jogo muito disputado com ascendente para o Benfica na primeira metade, que viu Casillas a negar o golo pelo menos por duas ocasiões, foram os azuis que, logo à saída para a segunda parte, partiram para cima dos encarnados e acabaram por concretizar o golo da vitória por intermédio de André André, após bela combinação com Varela.

Sabendo de antemão o resultado dos rivais directos, o Sporting entrava com muito a ganhar (mas também a perder) para o jogo ante o Nacional. Numa partida de paciência, foi Montero que desfez o nó e facturou o único golo, aos 85 minutos, quando os insulares já jogavam com menos uma unidade durante largo período.

 JPT1199 JPT1371

Foi um fim-de-semana recheado de incidências como se pode comprovar pelas duas demissões que ocorreram em Coimbra e em Guimarães. As chamadas chicotadas psicológicas iniciaram-se na quinta jornada.

José Viterbo foi a primeira “vítima”, ao pedir a demissão depois de perder os seis jogos oficiais disputados, frente a Paços de Ferreira, Nacional, Setúbal, Sporting, Marítimo (para a Taça CTT) e Boavista.

viterboVGuimaraesBelenenses01

O senhor que se seguiu foi armando Evangelista, técnico que sucedeu a Rui Vitória, no comando do V. Guimarães. Evangelista desde o início que não era a primeira escolha dos sócios e a contestação aumentou quando os vimaranenses foram eliminados da 3ª pré-eliminatória da Liga Europa, frente ao modesto Altach, da Aústria. Apenas um triunfo em sete jogos oficiais não foram suficientes na óptica do treinador que consequentemente pediu a demissão na sequência do empate alcançado fora, perante um Setúbal em inferioridade numérica durante a maior parte do jogo.

Destaque para o bom início de época de Sp. Braga, que “arrumou” o Marítimo por 5-1, e do Estoril que foi a Tondela arrancar três pontos preciosos. As duas formações encontram-se em igualdade pontual com o Benfica na terceira posição da tabela classificativa.

Nos restantes jogos, o Rio Ave conseguiu uma excelente vitória no dificílimo Estádio da Mata Real, em Paços de Ferreira, onde venceu por 0-3. Os conjuntos do União da Madeira e do Arouca continuam a fazer um começo de prova muito acima das expectativas, mas nesta partida entre ambos, anularam-se mutuamente. O europeu Belenenses conseguiu a primeira vitória do campeonato ao derrotar no Restelo a decepcionante formação moreirense, por duas bolas a zero.

 Altach-Belenenses-20ago

texto: João Carreira
fotos: DR/LusoGolo 

Pin It