daniel ramos lgDa ilha de São Miguel, nos Açores, para a ilha da Madeira, foi esta a viagem feita pelo técnico Daniel Ramos, de 45 anos , anunciado esta quarta-feira como novo treinador do Marítimo, sucedendo no cargo ao brasileiro Paulo César Gusmão, que tinha chegado no início da temporada.

“Sinto que é um grande desafio e uma grande oportunidade”, afirmou Daniel Ramos na chegada ao Funchal, ele que admitiu também ter sido difícil deixar o Santa Clara nesta altura da época. Com o emblema açoriano, ao qual chegou este verão, o novo técnico do Marítimo já ocupava a segunda posição da II Liga ao cabo das primeiras oito jornadas, embora o Santa Clara tenha um jogo a menos que o líder Portimonense, que, para já, soma mais um ponto que o conjunto dos Açores.

Daniel Ramos assinou com o Marítimo um contrato válido para as próximas três épocas e meia. De acordo com a comunicação social, o emblema madeirense teve de reembolsar monetariamente o Santa Clara a fim de garantir o concurso do seu novo técnico, que conta ainda com passagens por Famalicão, Naval, União da Madeira, Moreirense e Desportivo de Chaves, entre outros clubes.

O Santa Clara fica, assim, momentaneamente órfão treinador. O adjunto Hugo Relvas irá orientar o próximo jogo da equipa diante do Lusitano de Évora, a contar para a Taça de Portugal, agendado para as 15h deste sábado.

texto: Gonçalo Santos
foto: reprodução @Twitter

Pin It