×

Mensagem

Failed loading XML... Entity 'aacute' not defined Entity 'ccedil' not defined Entity 'ecirc' not defined Entity 'aacute' not defined Entity 'ccedil' not defined Entity 'eacute' not defined Entity 'aacute' not defined Entity 'ecirc' not defined Entity 'aacute' not defined

 JPT4516As “águias” anunciaram que a UEFA indeferiu os protestos do emblema de Alvalade tendo em conta o caso dos “vouchers”, mas os “leões” não têm a mesma opinião .

De acordo com Nuno Saraiva, responsável pela Comunicação “verde e branca”, o organismo que tutela o futebol europeu simplesmente decidiu não abrir um processo disciplinar ao rival lisboeta, uma vez que ainda está aberta, em Portugal, uma investigação relativa a este mesmo caso.

“No fundo, seria redundante estar a analisar algo que já está a ser investigado em Portugal. Há duas semanas, a UEFA pronunciou-se sobre a nossa queixa. O Sporting entendeu que as instâncias são diferentes, não concordou com a decisão e decidiu, na semana passada, recorrer”, comentou Nuno Saraiva, que explicou ainda que “não houve rejeição nem arquivamento. O que aconteceu é que as partes foram notificadas de que teriam de se pronunciar sobre o recurso”.

O Benfica, recorde-se, havia, algumas horas antes, emitido uma curta nota no seu site oficial, na qual referia explicitamente que as queixas leoninas sobre o caso dos “vouchers” tinham sido arquivadas pela UEFA.

Este atrito entre os dois rivais da capital surge poucos dias antes do dérbi lisboeta, que está marcado para as 18 horas deste domingo, dia 11 de Dezembro, no Estádio da Luz. A partida, relativa à 13ª jornada da Liga NOS, poderá trazer alterações ao topo da tabela, isto porque, caso o Sporting consiga voltar a vencer no reduto “encarnado”, como fez na temporada transata, toma de assalto o primeiro lugar, actualmente ocupado pelo Benfica, que tem uma vantagem de dois pontos. Ao invés, em caso de triunfo dos "encarnados", este voltam a destacar-se na frente do campeonato, de novo com cinco pontos de vantagem sobre o Sporting que poderá ver o FC Porto chegar à segunda posição da Liga NOS.

Gonçalo Santos

Pin It