Nuno Crato anuncia novos exames a 2 de JulhoO ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, anunciou que os alunos que não conseguiram realizar os exames nacionais de 12º ano agendados para esta segunda-feira poderão fazer as provas a 2 de Julho .

“Os alunos que hoje não puderam realizar os exames irão faze-los no dia 2 de Julho, às 9:30, já depois de terminados os restantes exames da primeira fase”, afirmou Nuno Crato, garantindo que estão preparados enunciados com idêntico grau de dificuldade aos dos exames de Português realizados esta segunda-feira em várias escolas do país, num dia em que, na sequência da greve dos professores, existiram diversos casos de escolas totalmente paralisadas e de algumas em que apenas parte dos estudantes teve condições para efectuar as provas agendadas.

Na opinião de Nuno Crato, a medida agora anunciada vai ao encontro das solicitações de vários pais de estudantes afectados, no sentido de não sobrecarregar mais o calendário da primeira fase.

Questionado sobre a equidade entre os alunos que já realizaram o exame e os que o irão efectuar apenas no próximo mês, o governante afirmou que está assegurada a igualdade de condições, uma vez que as provas nacionais são preparadas por uma equipa de profissionais e sorteados para serem aplicados “num momento preciso dentro de uma estrutura semelhante”. “Não há qualquer problema quanto à equidade”, sublinhou Nuno Crato.

De acordo com o ministro da Educação e Ciência, que avançou dados provisórios do júri nacional de exames, “mais de 70% dos alunos do ensino secundário realizaram hoje o exame nacional de Português e 70% das escolas com provas marcadas realizaram-nas a 100%”.

Pin It