cobot-baxterA Carnegie Mellon University (CMU) acolhe actualmente dois robots sui generis, o Baxter, construído pela Rethink Robotics de Boston, nos EUA, e o CoBot, desenvolvido pela equipa de Manuela Veloso , investigadora mundialmente reconhecida pelo seu trabalho nas áreas de Inteligência Artificial e Robótica.
(foto: School of Computer Science, Carnegie Mellon University)

O objectivo é o de as duas unidades irão trabalhar em conjunto, num novo projecto de investigação. Isto dado que, apesar de ter “grande mobilidade”, o CoBo ter algumas limitações, pelo facto de não ter braços. O que faz com que tenha de solicitar ajuda sempre que necessita de transportar algum objecto. O Baxter, que tem braços, irá ajudar nessa tarefa.

Segundo um comunicado da Carnegie Mellon University o “objectivo da investigação de Manuela Veloso inclui ter o robot Baxter a colocar objetos no cesto do CoBot. Os dois robots complementam-se assim, em termos de navegação (CoBot) e manipulação (Baxter). Manuela Veloso prevê que esta linha de investigação leve a novas competências nas tarefas de interacção e assistência de robots a pessoas”.

Manuela Veloso tem estado envolvida no Programa Carnegie Mellon Portugal, como investigadora principal, do projecto de investigação MAIS-S que, do lado português é coordenado pelo investigador Francisco Melo (INESC ID, IST/UL). Este é considerado como sendo um dos projectos mais relevantes na área da robótica, sendo apoiado pelo Programa CMU Portugal, que é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Pin It