JorgeJesus-SCP03O dia 1 de Julho de 2015 ficará assinalado na história do Sporting como a data em que se consumou a entrada em Alvalade de Jorge Jesus como treinador dos "leões" . Os adeptos sportinguistas não ficaram em casa, dando corpo ao cântico porventura mais conhecido da claque leonina, e rumaram ao Estádio José de Alvalade para receber o seu novo técnico, na esperança de ouvir as melhores promessas que querem encarar como certezas. Jesus respondeu da melhor forma, prometeu lutar por todas as competições do futebol caseiro - as provas da UEFA ficarão para mais tarde -, avisou que está na hora de "acordar o leão adormecido" e garantiu que a partir de agora serão três candidatos ao título e não dois(!?)...

Este discurso de Jorge Jesus, no entanto, permite encontrar alguns eventuais erros de análise do agora técnico do Sporting, que se esqueceu, por exemplo, que o Sporting tem uma história e um estatuto no futebol português que o obriga a ser sempre um dos três candidatos, ou pelo menos a apresentar-se como tal ainda que nem sempre tenha as melhores condições depois para o justificar. Pessoalmente, e ao contrários de outros que nem sempre têm conseguido as melhores figuras, eu assumo que muitas vezes me engano e outras tantas tenho dúvidas, e agora então as minhas dúvidas são mais do que muitas!

Mas vejamos então alguns factos do dia da apresentação do Jorge Jesus...

FACTO 1 - Na apresentação, Jorge Jesus fez tábua rasa do trabalho do Sporting nos últimos dois anos, já com Bruno Carvalho como presidente, deixando claro que na sua opinião o Sporting esteve adormecido!

FACTO 2 - Ainda na apresentação, Jorge Jesus frisou que A PARTIR DE AGORA vão existir três candidatos!!! Pergunto eu... mas afinal o Sporting, até pelo seu estatuto, não é sempre um dos três candidatos ao título!? Não foi isso que o presidente Bruno Carvalho disse no arranque da última época quando contratou Marco Silva!?

FACTO 3 - Olhando a objectivos e promessas, Jorge Jesus prometeu na sua apresentação em Alvalade que o Sporting vai lutar para "ganhar todas as competições que disputar EM PORTUGAL!" - o JJ mantém-se igual a si próprio já que em seis anos apontou sempre aos títulos "indoor" e não ganhou nada além-fronteiras!!!

Pessoalmente, espero que o Sporting cresça e dê luta, como aliás já fez na última época com Marco Silva ao leme de Alvalade, porque o futebol português precisa de um Sporting forte e isso só dignifica os triunfos dos demais, mas assumo muitas reticências sobre a capacidade deste Sporting.

Este é um Sporting em que o novo timoneiro começa desde já a apontar o mau trabalho, ou pelo menos o trabalho deficiente, efectuado até aqui com Bruno Carvalho na liderança, um Sporting que terá que mudar ao gosto de um homem que está habituado a outras respostas, respostas que o clube de Alvalade, pelo menos até aqui não tem tido capacidade de dar.

Só mais uma coisa... depois das notícias que apontaram primeiro para o regresso a Alvalade do Manuel Fernandes, e depois para a aposta em Octávio Machado, o "palmelão" de quem se diz ser, todavia, uma "segunda escolha" para o departamento de futebol de Alvalade, eis que o próprio Bruno Carvalho confirmou estes regressos de quem, sendo elementos válidos que muito podem dar ao clube, nomeamente o primeiro, assumo que protagonizam uma situação que, no mínimo, me deixam muitas dúvidas no ar, partilhadas até pelos sportinguistas mais racionais.

JorgeReis

editorial: Jorge Reis
foto: José Manuel Cabo 

Pin It