jon stewart the daily showDepois de 16 anos como apresentador e rosto principal do “The Daily Show”, o irrevente talk show de sátira política, Jon Stewart deixa o programa . Na última transmissão com o carismático humorista, houve espaço para as habituais ironias, alfinetadas políticas, risos, choro e uma mensagem sentida (e misteriosa) de Stewart.

Com o dobro do tempo de emissão do programa (que tem habitualmente meia hora), a primeira parte foi dedicada a analisar o primeiro debate republicano que acontecia à mesma hora, que juntou os candidatos mais bem cotados às presidenciais. Oportunidade mais que perfeita para lançar a primeira “boca” dirigida ao partido republicano: Stewart explicou que não tinha correspondentes em número suficiente para que conseguissem cobrir os todos os trabalhos, em alusão ao elevado número de candidatos que os republicanos tinham na corrida às eleições de 2016 (17 candidatos).

Depois foi a vez de uma série de convidados se despedirem do humorista: Larry Wilmore, o ator Rob Corddry, John Oliver, Craig Kilborn e o jovem Trevor Noah, que irá herdar a pesada herança de ser o substituto de Jon Stewart. Os habituais correspondentes do programa também marcaram presença em palco: nomes como Lewis Black, John Hodgman, Kristen Schaal ou Steve Carell apareceram e agradeceram a capacidade e a coragem do humorista.

Mas o momento alto da noite aconteceu com Stephen Colbert, também ele lançado no programa por Jon e que irá ser o substituto de Letterman no “Late Night”. Num momento emocionante (e fora do guião), o também comediante norte-americano fez uma homenagem sentida ao seu amigo, que ficou em lágrimas.

 

Stephen Colbert goes off script to tell Jon Stewart how much he means to the world.► Watch Jon's last episode: http://on.cc.com/1gOm7qk► Show highlights: http://on.cc.com/1KVyflU

Posted by The Daily Show on Sexta-feira, 7 de Agosto de 2015

“És irritantemente bom naquilo que fazes. E todos nós, que fomos sortudos o suficiente para poder trabalhar contigo durante 16 anos – e podes editar isto depois – fazemos melhor o nosso trabalho porque pudemos assistir como tu fazias o teu. E somos melhores pessoas por te ter conhecido”, declarou Stephen Colbert, levando Jon Stewart às lágrimas. “Eu sei que não estás a pedir isto, mas, em nome de tantas pessoas cujas vidas mudaste durante os últimos 16 anos, obrigado!”.

Também os políticos (tantas vezes alvos de Stewart) quiseram despedir-se e mostrar o seu agradecimento, deixando mensagens nas redes sociais. Foi o caso de Hillary Clinton, candidata democrata às presidenciais, e o senador John McCain. Como eles, outros tantos políticos agradeceram o sangue, suor e lágrimas (de riso) protagonizados por Jon.

E antes do derradeiro final, um aviso de Stewart. “Bullshit is everywhere. Digo-vos isto esta noite, amigos: a melhor forma de nos defendermos contra as tretas é sermos vigilantes. Por isso, se sentirem alguma coisa estranha, digam alguma coisa.” Alusão à luta contra o terrorismo?

Por fim, despediu-se e deixou a mensagem: “Nada acaba, é só uma continuação, é uma pausa na conversação. Por isso, em vez de dizer adeus ou boa noite, vou apenas dizer… vou só ali buscar uma bebida, e tenho a certeza que vos vou ver antes de me ir embora.” E assim terminou o “The Daily Show with Jon Stewart”. Obrigado por tudo e… JonVoyage!

Pin It