Casino Estoril ao rubro com os Imagination

Casino Estoril ao rubro com os Imagination

A banda de Leee John estreou-se em Portugal na passada sexta-feira, 19 de Janeiro, no palco do Salão Preto e Prata do Casino Estoril

Imagination-001Mais de três décadas sobre a sua formação, a banda musical Imagination pôde finalmente actuar para o público português num espectáculo no Casino Estoril, mais propriamente no Salão Preto e Prata , onde recordou os numerosos êxitos que marcaram o seu percurso musical no panorama da música internacional na década de oitenta.

PUB

Num espectáculo com o carimbo musical e certificado de qualidade da rádio M80, os Imagination puderam conquistar o público que encheu o icónico Salão Preto e Prata através da interpretação de temas que passaram pelo topo das tabelas de sucessos em mais de vinte e oito países, ganharam quatro discos de platina, nove de ouro e mais de uma dúzia de discos de prata. Este palmarés, aliás, justificava por si só que também o canal de Cultura do portal LusoNotícias acompanhasse a presença dos Imagination no Casino Estoril pelo que também nós estivemos no Salão Preto e Prata para aqui dar conta do que por lá se passou.

Quanto à banda, os Imagination, da responsabilidade do seu vocalista, Leee John, continua a fazer dançar milhões de pessoas e proporcionou uma noite revivalista, festiva, cheia de momentos únicos e recordações várias para todos os que ouviram e dançaram ao som das suas músicas, com a magia, a envolvência e a estética épico-espacial com que a soul e dance reinou nos festivais e discotecas no final do século passado.

Imagination-002Imagination-SalaoPretoPrataImagination-003Imagination-004

Entre os presentes, muitos nomes conhecidos da sociedade portuguesa recordaram, também eles, as músicas que ouviram há 25 e 30 anos, numa viagem no tempo musical em que a qualidade da música mas também da animação foram constantes.

Isabel Nogueira, Lili Caneças, Gonçalo Fortunato de Almeida, Fernando Pereira e Conceição Ferrão, entre outros, puderam assim aplaudir Leee John, músico britânico nascido a 23 de Junho de 1957 em Londres, ele que viria a ser educado na cidade de Nova Iorque onde estudou drama na Anna Scher Theatre School.

Quanto ao espectáculo no palco do Salão Preto e Prata, começou com "Changes" para prosseguir com "Flashback", "Midnight" e "Do It Right Now". Com temas conhecidos de todos, Leee John estabeleceu desde logo uma grande empatia com o público que batia palmas e cantava desde o ínicio. Depois de ouvirmos "In & Out of Love + Exodus" e "Sensuality",  Leee e o público, com este em grande entusiasmo e sempre de pé, avançaram os Imagination para "Body Talk" , momento em que Leee convidou alguns elementos do público a dançarem no palco.

Imagination-005Imagination-006Imagination-007Imagination-008

A linguagem corporal manteve-se como uma constante em todas as músicas e coreografias, permitindo a Leee John nomear a sua esposa com um aplauso e olhar especiais...

Quanto à noite, essa, continuou animada, com brilho e glamour ao som de "Burning Up", "Fantasia", "Hello Goodbye", porque a quem amamos diremos sempre "Hello" e nunca "Goodbye".

Música e luzes — "Music and Lights” —, foram uma constante ao longo destas duas horas de hits e Leee John terminou com aquele que é, provavelmente, o maior de entre os seus sucessos: “Just an Illusion”.

Com o espectáculo a chegar ao final poderíamos pensar que se tratava afinal de uma ilusão mas não, não foi apenas ilusão nem tão pouco imaginação colectiva... Aconteceu mesmo! Afinal, chegava ali mesmo ao final um concerto inédito... com um final perfeito.

texto: Glória Resende
fotos: Tito de Sousa

Imagination-009Imagination-010Imagination-011Imagination-012Imagination-013Imagination-014Imagination-TitoSousaImagination-Gloria-Lili

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.