Histórias contadas com “Vinhos em Cena”

Histórias contadas com “Vinhos em Cena”

Quando o vinho é muito mais do que o simples néctar, merece o seu lugar em palco pela cor, o gosto, o corpo... e a história que contém

segunda, 27 março 2017

VinhosCena023O Teatro Tivoli BBVA foi palco na passada semana para um evento muito peculiar, o “Vinhos em Cena”, em que os conhecimentos dos néctares se uniram à cultura, ao conhecimento e a muitas histórias , literalmente no palco ou à volta dele.

PUB

O portal LusoNotícias foi até lá na sexta-feira, altura em que pudemos conecer alguns vinhos, dialogar com produtores e enólogos, e acompanhar no final da noite a conversa sobre vinhos em palco, no espaço "Em Cena com...", neste dia com Vasco Avillez, Aldo Lima e Tiago Pais Dias.

Andreia Madeira, portuguesa responsável pela comunicação do Banco BBVA em Espanha, moderou um debate agradável, divertido até, durante o qual as histórias contadas por Vasco Avillez, ele que um dia usou uma garrafa de vinho como "suporte" para pedir em casamento aquela que ainda hoje é a sua esposa, e que num "workshop" sobre vinhos, para o qual foi “recrutado” em cima da hora para falar da importância e presença do vinho na Igreja, revelou a importância do vinho XPTO.

Contou ele que, na Igreja, a única imposição do vinho adquirido para a missa resulta da necessidade de surgir inscrito nas pipas adquiridas o nome de Cristo em latim, “Christus”, palavra que a partir do grego surge como... “Χριστός”... uma forma talvez rebuscada mas ainda assim evidente quanto à presença do tal XPTO.

Com um saber enciclopédico, Vasco Avillez, Presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa e Personalidade do Ano no Vinho, prémio atribuído em Fevereiro pela Revista Wine, foi assim um dos grande animadores da noite em que também Tiago Pais Dias, músico e produtor musical, contou como o tema “A Máquina”, dos Amor Electro, foi composto com a ajuda de uma garrafa de vinho. Já Aldo Lima, actor e um dos pioneiros da Stand-Up Comedy, lembrou a forma como um vinho pode ajudar numa refeição em que a companhia não seja propriamente a melhor.

VinhosCena016VinhosCena017VinhosCena018VinhosCena022

A importância dos rótulos

Nas instalações do Teatro Tivoli BBVA a presença dos produtores e enólogos dividia-se por diversos espaços, desde o corredor lateral contíguo à plateia, neste dia pouco preenchido de público ao ponto de alguns produtores se queixarem da pouca adesão do público a esta iniciativa — convenhamos que o preço dos bilhetes nesta primeira edição do “Vinho em Cena” será um dos pontos a merecer certamente revisão, tendo sido porventura algo excessivo para aquilo que o evento permitia.

Curiosamente, a constrastar com a apatia vivida naquele espaço do piso térreo, o ambiente no último piso, na antiga sala de projecção de cinema do Tivoli era bem mais animado, tendo sido por lá que registámos a presença de alguns vinhos que fixámos, quer pelo gosto dos mesmos, quer pelos rótulos e as histórias que estes nos contaram.

A história mais interessante fomos descobri-la nos rótulos do Solar dos Lobos, cujos vinhos transportam nos rótulos muitas histórias, humanizando este produto. Em três garrafas, cada uma com o seu rótulo, começamos por encontrar o alentejano que presta homenagem à sua esposa através da casta touriga nacional, também ela alentejana. Porém, o alentejano conquista o mundo, viaja até França, visita o Moulin Rouge e traz de lá uma paixão francesa e uma nova casta, a syrah, revelada no segundo rótulo.

VinhosCena013VinhosCena011VinhosCena012VinhosCena014

Tornava-se assim necessário conjugar a relação pré-existente com o "pular de cerca" para castas do mundo, e eis que o alentejano encontra uma solução, porventura para muitos "arrojada", mas que acaba por dar lugar ao terceiro rótulo. Surgiu assim... o Trio!

Para além destas, muitas outras histórias preencheram os corredores do Teatro Tivoli BBVA nesta primeira edição dos "Vinhos em Cena". Numa próxima edição será necessário acertar a mistura das castas, que o mesmo será dizer das iniciativas em redor de um evento que precisará de refinar o conceito, ir ao encontro do público, e com ele ganhar corpo e aroma, como um bom vinho, em cena no melhor palco.

reportagem: Ana Cristina Augusto e Jorge Reis (fotos)

VinhosCena005VinhosCena003

VinhosCena008VinhosCena006

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.