Banco do Bebé recebe 1800 embalagens solidárias

Banco do Bebé recebe 1800 embalagens solidárias

Após três meses, a campanha “Achar querido não chega…” terminou com resultados positivos

Banco do Bebé recebe 1800 embalagens solidáriasA campanha de Natal “Achar querido não chega…” terminou, após os três meses de duração da iniciativa, tendo alcançado resultados positivos para o Banco do Bebé .

No âmbito desta campanha, o Banco do Bebé recebeu nas suas instalações, na Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, cerca de 1800 embalagens solidárias, que continham mais de 600 pacotes de fraldas, 1200 produtos de higiene (toalhitas, gel de banho, cremes para assaduras, cremes hidratantes, entre outros), 350 latas de leite e 1000 papas lácteas e não lácteas. Além dos bens de maior necessidade, a instituição recebeu ainda roupa para bebé e brinquedos novos e usados.

Banco do Bebé recebe 1800 embalagens solidáriasA campanha de “Achar querido não chega…”, realizada em parceria com os CTT, teve como objectivo a angariação de alimentos e produtos de higiene para crianças, de forma a dar resposta ao crescente número de pedidos de ajuda de famílias carenciadas com bebés e crianças até aos seis anos de idade. Este contributo é muito importante, pois, só no ano 2012, a instituição registou um aumento do número de pedidos de ajuda de cerca de 20% em relação ao ano anterior.

O Banco do Bebé está a alargar a sua área de intervenção. Actualmente, além de ajudar cerca de 1000 famílias carenciadas referenciadas pela MAC, Hospital de Santa Maria e Hospital de Loures, a instituição está já a dar resposta a pedidos de auxílio a famílias carenciadas do Hospital Amadora-Sintra, através da Associação Fernandinhos, de Almada, através da Associação de Desenvolvimento do Laranjeiro, e a algumas famílias da Azambuja, através do centro de saúde da região.

Marina Arnoso, presidente do Banco do Bebé, abordou o alargamento da área de intervenção da instituição: “Sempre foi o nosso objectivo alargar a nossa área de intervenção e estamos a conseguir concretizar os nossos objectivos, através de parcerias com instituições locais. É a prova de que quando os esforços se unem, os objectivos são cumpridos com sucesso.  Neste momento, a nossa prioridade é dar resposta aos casos de maior carência e, sobretudo, alimentares”.
 
Recorde-se que o Banco de Bebé é uma instituição com mais de 20 anos de actividade. Ao longo do ano 2012, ajudou 1184 famílias, 2373 bebés e crianças dos 0 aos 6 anos de idade, deu resposta a 4081 pedidos de ajuda em bens e distribuiu 14.537 artigos (enxovais, alcofas, fraldas, produtos de higiene, roupa, papas, leites, carrinhos, entre outros produtos de puericultura).

Share

Copyright © 2012 LusoSaber - Todos os direitos reservados.